Retomando as atualizações do blog, quais são seu maiores interesses?

domingo, 16 de dezembro de 2012

Opala Sparta - Adaptação do câmbio NV3500


Ultimamente nós, Opaleiros, estamos encarando um grande problema relacionado a câmbio. O único câmbio de 5 marchas e que é o mais resistente deles é o câmbio encontrado nos modelos 6 cilindros 91/92, conhecido como CL2205-B, ou Clark 2205-B. E qual é o problema? Demanda Versus Oferta. Pouca oferta desse câmbio, para uma grande demanda está levando o preço desse câmbio para 1/3 do valor do Opala. A grande vantagem é que são necessárias poucas adaptações e a desvantagem, além do preço, é que não é um câmbio tão resistente para valer tanto. Temos no mercado outros câmbios de 5 marchas, mais resistentes e mais baratos que o CL2205-B, que é o caso deste post e do meu Opala, o câmbio NV3500.

O câmbio NV3500 é um câmbio produzido pela New Venture Gear (NVG) e foi utilizado no mundo em carros pesados da Dodge e GM/Chevrolet. No Brasil, saiu nos modelos S10 e Blazer, ambos 4.3 V6, até o ano de 2000 (depois de Cristo) e neste mesmo modelo até o ano de 2003 nos EUA. Este câmbio é especificado para um torque de 41,5 Kgf.m e o torque do Opala 6 cil original é algo em torno de 30 Kgf.m.

Adquiri o câmbio usado e mandei fazer uma revisão nele.



Pintura nova em tom de azul. Para os mais curiosos esse é o azul da Honda Biz.

Com o câmbio pronto e revisado, vem a parte difícil: Como adaptar esse câmbio no seu Opala? Existem alguns meios de se fazer isso, vai da criatividade de cada um. O grande critério para a definição de como adaptar é o que fazer com o túnel, pois o câmbio é maior que o do Opala e não cabe sem alterá-lo.

Túnel

A minha opção foi por cortar o túnel e retirá-lo, fazer um alongamento das abas e fixá-lo novamente, mas com parafusos e não soldagem. Por quê? Questões de mantenabilidade. Se eu precisar retirá-lo, não é necessário cortar nada novamente.

Primeiramente, não tenha dó, isso é para os fracos e nós da Sparta somos disciplinados e treinados para sermos fortes e encarar qualquer sentimento de desapêgo!


Túnel fora...


Alongamento do Túnel...


A seguir fotos da montagem do túnel no interior do carro...






Capa Seca

Esta é uma das grandes vantagens desse câmbio para o Opala, a capa seca não precisa de alterações, é plug-and-play.


Depois de instalado foi dada mais uma mão de tinta para tirar os riscos e raspadas que foram dadas.

Travessas

Como pode ser visto nas fotos anteriores, atravessa original foi cortada. Precisava? Não, mas precisaria retirar o motor para entrar com o câmbio e para continuar com a visão de mantenabilidade, o câmbio agora pode ser retirado na vertical, sem precisar de mexer no motor.

Travessa original cortada...


É preciso reaproveitar a peça cortada, já que ali tem o número "secreto" do chassis do seu Opala. Então foi feito abas e aparafusadas...



Para o novo suporte do câmbio, foi preciso fazer uma nova travessa, na foto acima pode ser vista. Nessa travessa foi utilizada o suporte de câmbio da C10 para segurá-lo, fica perfeito e não precisa de modificações...





Bom, o câmbio já está posicionado e fixado, mas ainda existem outros detalhes...

Cardã

Por algum motivo estúpido, não tirei fotos do cardã. Neste modelo de Opala, o cardã é bipartido, ou seja, são dois. O cardã dianteiro foi encurtado em 7 cm. O traseiro, continua original. Feito o alinhamento e balanceamento e instalado no lugar.

Outros Detalhes Não Menos Importantes

A embreagem do Opala teve que ter o seu disco, parte central por onde passa o eixo piloto, modificado para o modelo da S10 4.3 V6, porque o número de estrias é diferente do número do Opala. Portanto, a embreagem continua original do Opala mas com esta modificação...


O acionamento da embreagem original do câmbio NV3500 é hidráulico, então tivemos que fazer algumas modificações para usar o sistema comum de acionamento por cabo. No resumo, foi usinado um novo colar, um suporte para o garfo no interior da capa seca, uma abertura na capa seca para atravessar com o garfo da embreagem, e modificações no suporte do cabo da embreagem, próximo do garfo.



E só, pelo menos que me lembro no momento!

Alavanca de Câmbio

A alavanca chega para frente, fica mais próximo ao painel do Opala, mas não ao ponto de ter que cortar ou dobrar a alavanca. No primeiro momento, antes de andar com ele, a idéia era cortar a alavanca, porque ela é realmente muito grande. Mas depois de uma voltinha, fiquei doido pela alvanca daquele tamanho, é muito, mas muito gostoso de dirigir com ela nesse tamanho. Para uma tocada mais esportiva, a alavanca fica bem do lado da mão que fica no volante, e com ela no tamanho original, é necessário menos força para passar as marchas, sem contar que é de uma suavidade incrível.


E aqui, chegamos ao final da adaptação. No interior, um acabamento bem simples só de quebra galho...





A caveira (da foto do inicio da matéria), chegou esses dias e ainda não instalei, será a manopla da alavanca de câmbio...


Mas nem tudo é alegria, existe uma desvantagem que ainda não resolvi. O câmbio NV3500 utiliza sensor de rotação no câmbio para indicar a velocidade no painel da S10/Blazer e, no Opala, é o sistema básico de pinhão/coroa transmitido por cabo até o velocímetro. Portanto, perdemos, por enquanto, a velocidade indicada no painel original do Opala. Quando resolver isso, posto tópico específico.

Abraços!

53 comentários:

  1. onde vc comprou esta manopla?

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a matéria!

    Uma dúvida... quando fui pedir um orçamento para colocar um 4.1 no meu Comodoro 2.5 o mecânico disse que faria também a troca da coroa e pinhão do diferencial. Seria essa uma medida decente para que não haja uma quebra prematura?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que esteja mais relacionado em alongar a transmissão do Opala para um melhor aproveitamento do motor e melhora no consumo. Pois se analisar a questão de resistência, hoje uso um diferencial Dana 30 do 4 cilindros que é mais resistente que o original Braseixos do 6 cilindros.

      Obrigado pelo elogio a matéria!

      Excluir
    2. E o câmbio da Silverado, não considerou usá-lo? Em tempo, esse clarck de 5 marchas não deve ser tão resistente quanto o de 4 marchas, afinal, Opalão 92/92 no álcool só saiu com 4 marchas.

      Excluir
    3. Sim, inclusive tinha os dois câmbios para eu escolher. Mas a relação da 1ª e 2ª marchas são mais curtas e a 5ª marcha é menos longa e para um diferencial curto como o meu, não ficava legal para meu propósito.

      Excluir
    4. É isso mesmo! o Ideal é trocar casadinho, motor, cardan e diferencial, tive um 6cc que o miserável trocou o diferencial de 6cc por um de 4cc (curto) pouco antes de me passar o carro, 1ª não servia pra nada só pra moer e olhe lá pq eu sempre moia nele de 2ª msm, mas chegava em 80Km/h o motor doido pra desenvolver e o carro amarrado e o diferencial urrando já, agora fiz de um colega que trocou um 2.5, trocamos motor, cardan e diferencial com 3e 4m ré pra frente, ow, sem comparações é 80Km de 2ª e cantando de 3ª show de bola!

      Excluir
    5. Outra coisa, andei num opala 91 de um brother com motor de silverado e o restante original ré pra frente e tal, carro gostoso de andar com um torque incrível, mas o cambio não aguentou, aí vem a dúvida procurando receitas de como melhorar o cambio desse brother encontrei duas alternativas que não testei e nem nunca vi funcionando e gostaria de saber se alguem por aqui ja usou e funciona bem:
      1- cambio 4m ré pra frente com as travas do uno turbo, disse que não quebra e aguenta os socos e trancos de arrancada e manobra;
      2 - alongar todas as relações de 1ª, 2ª, 3ª e 4ª e depois disso esqueceria o tão aclamado clark 5m p/ 6cc;
      Se puderem responder eu agredeço, parabéns pela matéria e blog!

      Excluir
    6. O problema de alongar as marchas do câmbio é o preço, fiz um orçamento no sapinho e pediram, acreditem, R$10.000 para fazer isso....ATT Diego

      Excluir
  3. Fiquei loco pra colocar um deste no meu carro tb tenho um opala Injetado com Fuel tech, bicos deca siemens 60lbs, pistões de 4 polegadas comando Crower 292x298, molas isky 6005, valvulas de aço inox 194x160, MSD digital embreagem de porcelana, tuchos mecânicos crower,polia damper e mais umas coisinhas, quem fez essa adaptação ? Quanto gastou + ou - ? Sou de Taguatinga. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiz essa adaptação em uma cidade do interior de GO, Itumbiara. Com relação mão-de-obra, foi 800 reais, mas isso vai variar muito de mecânico para mecânico, de cidade para cidade. Abs.

      Excluir
  4. Olá amigo, muito joia essa adaptação do cambio da s-10. Excelente ideia e uma execução primorosa. Saberia me dizer a relação deste cambio e se por acaso a quinta marcha é overdrive? Obrigado pela atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza, Dan. A relação é a seguinte:
      1ª - 3,49
      2ª - 2,16
      3ª - 1,4
      4ª - 1
      5ª - 0,78
      O que faz a relação ser overdrive é o conjunto, imaginando que o pneu não deve variar muito entre um modelo e outro, então tem que analisar o diferencial. No meu caso que uso um diferencial curto (3,53), a quinta marcha não é um overdrive. Se utilizar um longo como 3,07 ou 2,73, então passa a ser overdrive.
      Abs.

      Excluir
  5. tudo isso tbm poderia funcionar em um SANTA MATILDE tbm?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, não conheço a fundo o Santa Matilde para poder comentar a respeito.

      Excluir
  6. Weverton, por favor, nos informe onde posso achar esta monopla igual a esta.. muito bonita

    ResponderExcluir
  7. Weverton, tbem tenho a intensão de injetar meu opala, vc poderia informar qual bico esta usando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para meu caso específico, bastou os bicos originais da Silverado / Omega 4.1 / Uno Turbo (Bosch 0280150975). Para seu caso teria que ver mais detalhes, pode atender ou não. Abs.

      Excluir
  8. Ola amigo, qto seu carro atinge de final com o diferencial do 4cc?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Paulo Rogério!

      A velocidade final está relacionada não só com as relações de câmbio e diferencial, como também pela circunferência do pneu e a rotação que teu motor permite ir com potência e carga.

      Além do câmbio NV3500 e diferencial Dana 30 (3,54), uso pneus 205/60 R15 e a rotação máxima do meu motor está limitada em 5300 RPM, isso resulta em uma velocidade máxima de 227 km/h. Mas não tentei levar o Opala ao seu máximo ainda, em um dos meus vídeos mostro passando a exatos 200 km/h, pelo datalog estava em 4680 RPM. Acredito que a final do meu Opala deve estar por volta de 210 km/h, isso em reta.

      Abs.

      Excluir
  9. e se colocar o mecanismo do velocimetro da s10 no lugar do mecanismo do opala?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que só trocando os velocímetros um pelo outro, pois as escalas dos velocímetros são diferentes.

      Excluir
  10. Cara que trampo heim...parabéns !!

    ResponderExcluir
  11. Boa noite amigo, você conseguiu adaptar o velocimetro no opala?
    Estava muito animado em colocar esse câmbio em meu carro só que essa noticia me desanimou um pouco... Enfim se puder me ajudar ficaria muito grato! Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Patrick. Se a ideia é manter o velocímetro original do Opala, que era a minha ideia, a solução que havia encontrado era utilizar este dispositivo que faz a leitura do sensor de velocidade do câmbio da S10 e transforma em movimento rotacional do cabo do velocímetro.

      É este aqui:

      http://www.atrol.com/cablex.htm

      Só que o preço para importar ficava em torno de 1.000 reais, por isso não dei continuidade.

      Agora se quiser utilizar outro velocímetro que não seja o original, existem diversas opções e mais baratas.

      Abraços.

      Excluir
  12. Amigo conseguiu por o velocimetro para funfar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amós, vou copiar a resposta de cima:

      Se a ideia é manter o velocímetro original do Opala, que era a minha ideia, a solução que havia encontrado era utilizar este dispositivo que faz a leitura do sensor de velocidade do câmbio da S10 e transforma em movimento rotacional do cabo do velocímetro.

      É este aqui:

      http://www.atrol.com/cablex.htm

      Só que o preço para importar ficava em torno de 1.000 reais, por isso não dei continuidade.

      Agora se quiser utilizar outro velocímetro que não seja o original, existem diversas opções e mais baratas.

      Abraços.

      Excluir
  13. amigo oque vc fez em relação ao velocimetro? já ke o da blazer é por pulso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Charlinho,

      ainda nada. Se quiser manter o velocimetro original do Opala é preciso comprar esse dispositivo ou algo semelhante:

      http://www.atrol.com/cablex.htm

      Se não quiser manter original dai existem diversas maneiras.

      Abs.

      Excluir
  14. Amigo primeiramente parabéns pelo resultado do projeto. Vc falou em "alongar a transmissão do Opala para um melhor aproveitamento do motor e melhora no consumo". De quanto foi a melhora no consumo do seu opala com estas modificações?

    ResponderExcluir
  15. oque vc fez com o cabo de embreagem ??
    pois eu uso esse cambio numa diplomata 90 6cil e tive que colocar um tipo de rabicho no final do cabo la no garfo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. coloque a do chevete que fica melhor que a do opala original

      Excluir
  16. E ai Weverton, tudo bom irmão ?
    não sei se vc já resolveu o problema do velocímetro no Opalão Sparta ai, mas hoje eu estava dando uma relida nos posts e lembrei de uma coisa que li a um tempo atrás em uma revista, eu tava pra te falar pelo Facebook, mas acabei deixando e deixando hehehe.

    a Cronomac lançou um velocímetro com leitura eletrônica, vendido individual, se não me engano de 100 mm de diâmetro.
    para poder manter o padrão dos mostradores do opalão, vc pode retirar a face com a escala e usar só o mecanismo.
    pega o painel original, faz um corte no lugar do velocímetro original a cabo e prende o da Cronomac eletrônico, assim vc mantem a face original e o padrão em relação o resto do painel e usa o modulo original da S10.
    se houver diferença na escala basta mandar fazer outra já corrigida, qualquer empresa que mexe com painel automotivo pode mandar fazer em silk-screen do jeito que vc quiser.

    não sei se ajuda ou vc já resolveu.
    mas é uma ideia... hehe.

    abraço amigão.
    agente se fala.

    ResponderExcluir
  17. Oque você fez com o disco de embreagem? Só abriu pra corrigir os dentes? Não corre o risco fã parede ficar muito fina já que a fresa do cambio que vc colocou é mais grossa?

    ResponderExcluir
  18. Como fez com o disco de embreagem? Só abriu e adaptou para a fresa desse novo câmbio, já que é mais grosso também? Não corre o risco de ficar fraco o disco?

    ResponderExcluir
  19. Weverton, seu tutorial vai me servir muito pra uma modificação que pretendo fazer, mais é o inverso: Tenho um Silverado e quero por o Vortec 4.3! no seu tuto vi q o cambio nv3500 "casa" como o motor do opala é isso? no caso, minha caixa de câmbio é uma ZF, minha dúvida é se a furação dela tbm é a mesma do nv3500, visto que li em um forum q o motor 4.1 da Silver é plug n play no câmbio do opala, logo o vortec teria a mesma furação do ZF? Q então seria apenas trocar o motor e fazer as adaptações necessárias para ele funcionar, mas usando o câmbio original dela... Obrigado pela força desde já! Abraço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Aloisio. Sinceramente não sei te dizer a respeito. Concordo com sua lógica com relação a furação a capa seca e motor, porém tem que checar os outros detalhes do posicionamento do motor, se vai ser preciso deslocar o câmbio também, etc. Neste sabado vou dar uma passada na oficina onde meu Opala vai passar por mais outras transformações e já procuro saber a respeito do assunto. Qualquer coisa me cobra pelo e-mail do Sparta. Abraços.

      Excluir
  20. Bom dia weverton,teria como vc mostrar mais detalhes da adaptação do garfo nesta caixa de marchas,sabe dizer se o cardan direto também tem como fazer essa adaptação ou eu teria de troca pelo de duas partes e pelo que entendi vc usou o diferencial do 4cilindros correto.
    Desde já agradeço a atenção e parabéns por postar essa matéria show

    ResponderExcluir
  21. Bom dia weverton,teria como vc mostrar mais detalhes da adaptação do garfo nesta caixa de marchas,sabe dizer se o cardan direto também tem como fazer essa adaptação ou eu teria de troca pelo de duas partes e pelo que entendi vc usou o diferencial do 4cilindros correto.
    Desde já agradeço a atenção e parabéns por postar essa matéria show

    ResponderExcluir
  22. Boa noite comprei um opala 6 cc e pretendo usa-lo para manobras qual cambio e diferencial vc me aconselha colocar para q não quebre com muita facilidade

    ResponderExcluir
  23. Boa noite tenho um opala 6cc e gostaria de saber qual o mais resistente cambio e diferencial pra ele pois pretendo usa-lo para manobras como comprei ele com cambio quebrado ja gostaria de colocar um cambio mais forte

    ResponderExcluir
  24. ola weverton sera que fica bom no 4cc tbmm...

    ResponderExcluir
  25. Weverton, me da uma dica aí ,tenho uma blazer ,e troquei o motor dela que era o v6 vortec que fundiu por um 6cc de opala ,a caixa do câmbio serviu Serginho só troquei o disco de embreagem pra entrar no eixo piloto do câmbio ,só q agora não da embreagem para ingatar marcha ,só lembrando que o câmbio a embreagem não e no cabo o um atuador de embreagem já completei o o nível de fluido ,fiquei curioso pq VC não usou esse sistema e opitou por fazer a modificação no câmbio quero saber pq ?

    ResponderExcluir
  26. To com uma dúvida coloquei um 6cc de opala numa blazer mas não da embreagem pra ingatar marcha está tudo correto a montagem só quero saber pq VC tirou o atuador de embreagem do câmbio ?

    ResponderExcluir
  27. Weverton, me da uma dica aí ,tenho uma blazer ,e troquei o motor dela que era o v6 vortec que fundiu por um 6cc de opala ,a caixa do câmbio serviu Serginho só troquei o disco de embreagem pra entrar no eixo piloto do câmbio ,só q agora não da embreagem para ingatar marcha ,só lembrando que o câmbio a embreagem não e no cabo o um atuador de embreagem já completei o o nível de fluido ,fiquei curioso pq VC não usou esse sistema e opitou por fazer a modificação no câmbio quero saber pq ?

    ResponderExcluir
  28. Oi bom meu nome e danilo e estou com uma dúvida com a montagem da embreagem do diplomata 4 cilindros minha dúvida e se o lado do bico do disco e do lado do plator ou lado do volante

    ResponderExcluir
  29. Partindo do conceito de que a ideia original era adaptar outro cambio devido o preço de um cambio melhor, do próprio opala, estar valendo 1/3 do valor do carro, pergunto: ficou mais barato fazer isso tudo, incluindo a mao de obra? Outra coisa, me parece que o cambio ficou baixo, o que me leva a pensar sobre ficar dando problema com batidas, principalmente naqueles quebra-molas infelizes que temos por aqui. O que voce me diz?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando eu fiz, paguei 400 reais nesse câmbio, hoje já vi preço acima de 2.000 reais. Vai depender do preço que vai conseguir achar, mas é um câmbio muito melhor que 2205-B. Quanto a altura, vc pode cortar uma parte dele tb tranquilamente.

      Excluir
  30. Qual o óleo que você usa no câmbio NV3500 ,parceiro?

    ResponderExcluir
  31. Qual o óleo que você usa no câmbio NV3500 ,parceiro?

    ResponderExcluir
  32. Boa tarde , parabens pela adaptação, ja colocou um cambio de s10 em uma chevrolet c15? com o motor 261 " chevrolet Brasil "
    estava querendo substituir o cambio de 3M por um de 5M. mas nao consigo achar um cambio sem muitas adaptaçoes. Obrigado e desculpe as perguntas

    ResponderExcluir